Publicado em

Necrológio: Marcio Thomaz Bastos

imagesCAQCYPV0

José Gobbo Ferreira

Faleceu no dia 20 de novembro o advogado Marcio Thomaz Bastos

Ministro da Justiça (?) do governo Lula, permaneceu por longo tempo no cargo e é, com certeza, o artífice das chicanas que conseguiram manter o Sr. Lula fora das grades até hoje. Se ufanava de ter fabricado seis ministros do Supremo Tribunal Federal. Deixa para nós, como herança,  os nobres ministros Lewandowsky e Carmem Lúcia.

Era considerado um deus entre seus seguidores, por sua habilidade em explorar a Lei para frustrar a Justiça, meta comum a todos eles. Tornou-se um dos advogados mais ricos do mundo, entre outras virtuosas razões, pela defesa que prestou às personalidades mais sombrias do reinado petista, exatamente aquelas que, pela avidez com que dilapidaram o patrimônio público amealharam dinheiro suficiente para pagar por seus serviços.

Mas trabalhou  também para honoráveis personalidades “self made men”, como Roger Abdelmassih e o bicheiro Carlinhos Cachoeira.

Seu lema amoral, que lhe rendeu tanto dinheiro era: “defendo meus clientes da culpa legal. Julgamentos morais deixo para a majestosa vingança de Deus”

Quando soube da morte do Cardeal Richelieu em dezembro de 1642, o Papa Urbano VIII declarou. “ Não sei se o Cardeal Richelieu acreditava em Deus. Mas, se existe um Deus, o Cardeal terá muitas contas a prestar. Se não… bem, sua vida terá sido uma vitória’.

Eu, que creio no Todo Poderoso, como não posso ver vitória no ato de livrar criminosos de seu justo destino, concordo com Urbano VIII em que o Dr. Thomaz Bastos terá muitíssimas contas a prestar. E para esse acerto de nada lhe valerão todos seus vultosos bens materiais, conquistados zombeteiramente ao arrepio da Justiça.

E tenho certeza que ele era suficientemente inteligente para saber que, mais cedo ou mais tarde, conforme suas próprias palavras, estaria face a face com “a majestosa vingança de Deus”. Chegou a hora!

E agora doutor?

 

ADENDO DO SEM VERNIZ

imagesCAHA1V0W

 

há outro larápio ainda em atividade, é o bostinha do ‘Kakay’, com esse seu cabelinho escroto (tem espelho em casa não?). Grande repatriador de grana desviada, só que não de volta aos cofres públicos, mas à sua continha na Suíça. Este aí está no rol dos maiores dilapidadores do patrimônio nacional. Um genocista praticamente. Shame on you, Káka-y.

Sobre semverniz

Crítico apontador das mazelas do Brasil. Uma opinião descompromissada, nua e crua. Dizem que pior que fazer o mal, é se calar diante do mal. Bem, tá aqui um que não ficará mais calado. Nosso alvo será acima de tudo, a corrupção. Um corrupto é como um genocida, mata às centenas, mas ninguém vê. Agora verão...

Deixe sua opinião

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s